PROJETO PSAHSM
Pagamento por Serviços Ambientais Hídricos na Serra da Mantiqueira

O que é PSA, O projeto, Objetivos e Benefícios, Equipe

As principais metas e ações do projeto

Cadastro dos proprietários das Áreas Piloto do Projeto.

Novidades sobre as ações do projeto e sobre PSA

logotipos_entidades (2).jpg

Projeto Pagamento por Serviços Ambientais Hídrico da Serra da Mantiqueira
 

Conservação da Água

Proteção da Biodiversidade e Combate às Mudanças Climáticas

Incentivando a preservação ambiental e a conservação da qualidade da água para o futuro ambiental de Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí

cachoeira_arco_iris_edited_edited.jpg

O que é PSA?
 

Os Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) são um instrumento econômico em que os usuários de um serviço ambiental pagam para os provedores desses serviços. Isso garante a continuidade da prestação do serviço, sendo bom para o proprietário, para a sociedade e para o meio ambiente.

O dono das terras se dispõe a colaborar com a preservação e conservação de uma determinada área em sua propriedade, garantindo as condições necessárias para a manutenção dos serviços prestados por aquele ambiente natural.

O proprietário recebe um pagamento de incentivos ou uma compensação financeira para preservação das nascentes, margens de rios e matas de sua propriedade, restauração de áreas, conservação de remanescentes florestais, adoção de boas práticas ambientais e práticas conservacionistas em toda propriedade e a conversão de uso do solo para uma atividade produtiva mais sustentável.

Estas práticas visam recuperar e preservar diversos ecossistemas e toda sua biodiversidade, sendo no nosso programa, aplicados principalmente para a preservação das águas e florestas.

WhatsApp Image 2019-10-13 at 20.24_edited.jpg

Para que serve o PSA?

\ Serve para a preservação, manutenção ou recuperação da qualidade das águas e terras. Além disso, representa alternativa na geração de renda dos beneficiários (proprietários).

De onde vem o dinheiro ou recurso?

O pagamento desses incentivos financeiros vem de recursos gerados em parte pela cobrança do uso da água (PSA hídrico) e em alguns estados existe o ICMS (imposto) ecológico. Pode haver também provedores da iniciativa privada (destacando concessionárias de abastecimento público e empresas que são grandes usuárias de água)

Como é pago?

Ocorre por meio de entidades de confiança. São os mediadores que por meio de um órgão do governo (Comitê de Bacia Hidrográfica, Universidades ou até ONGs que irão fazer as partes (proprietários e os responsáveis pelo projeto) entrarem em um acordo.

Como participar?

O Projeto PSA ainda está em fase de estudos para implantação. Os proprietários das áreas-piloto* devem se cadastrar no site, na fase de implantação serão contactados para fazer a inscrição e seguir os regulamentos do PSA de acordo com a legislação.

*Áreas-Piloto

  • Campos do Jordão - Bacia do Fojo.

  • Santo Antônio do Pinhal - Bacia do Prata.

  • São Bento do Sapucaí - Bacia do Paiol Grande